Clássico Corinthians x Palmeiras 26/07



Nada como uma vitória INCONTESTÁVEL para colocar as coisas nos seus devidos lugares.


Sobre o jogo...
No começo muito estudo e pouco futebol, porém antes dos 10 minutos uma falta na entrada da área do Corinthians começou a mostrar o que seria a partida.
Cobrança de Cleiton Xavier no travessão de Felipe e seria esse o primeiro dos sustos do goleiro corintiano, logo após em escanteio desviado na área Obina faria o primeiro de seus gols, porém em impedimento bem marcado deixando o placar no 0x0(por pouco tempo).


Aos 15 Jorge Henrique bateu uma bola cruzada que foi morrendo perto do segundo pau e foi dividida entre Dentinho e Souza que conseguiu tocar para escanteio.


Perto dos 20 minutos o primeiro cruzado de direita no Corinthians, Ronaldo tentava uma sequencia de dribles quando foi pressionado por Souza com falta e caiu de forma estranha sobre o punho direito que possivelmente o deixará fora por 5 semanas do futebol.


O segundo direto no queixo corinthiano veio pelas mãos de Mano Menezes que se acovardou e mandou para o lugar de Ronaldo o volante Moradei, se o Palmeiras já era dono do terreno naquele momento ficou mais dominante ainda.


Sem Ronaldo o Corinthians não tinha referência nem força de ataque e sobrou espaços para o Palmeiras tocar e chegar aos gols, aliás por falta de quem marcar Pierre largou a meia canxa e se aventurou como um lateral direito abusado e cruzou estilo Arce na cabeça de Obina, seria o primeiro dos 3 tentos que o ridicularizado em sua chegada Obina faria o pobre Felipe buscar no barbante.


Apartir dai foi tocar a bola e esperar o desesperado Corinthians que era naquele momento um ratinho seguro pelo rabo nas mãos do predador Verde, a Tv pode mostrar Marcos aos 40 minutos quando Jorge Henrique bateu da entrada da área e Marcos fez a defesa, aos 45 minutos Dentinho fez seu gol, mas antes de começar a beijar os braços viu a bandeira levantada pois estava na famosa hidro de motel.


No segundo tempo o Corinthians voltou disposto a buscar o empate, colocou Alessandro no lugar de Diogo para tentar explorar as subidas de Armero, em um começo forte e de velocidade Diego Souza deu passe para Obina chutar cruzado perto do poste direito de Felipe, 2 minutos depois Douglas acertou belo chute de longe e a bola passou com certo perigo ao lado do gol de Marcos.
Quando o Corinthians estava melhor veio o golpe de misericórdia, Cleiton Xavier recebeu na área e matou tirando de Chicão que com um empurrão bizonho fez o penalti de forma infantil.
Era a deixa para um pedido de Obina à Diego Souza(batedor oficial), "Deixa eu bater essa".
E bateu bem, por duas vezes diga-se de passagem... Na primeira houve dupla invasão e na segunda cobrança veio outra pelota no fundo das redes de Felipe. Obina vinha sendo fenomenal até então mas ainda faltava algo...


Esse algo veio 7 minutos após o penalti, em cobrança de falta ruim de Chicão a bola foi isolada pela zaga Palmeirense e ficou para a disputa corporal de Obina e Moradei, choque normal e bola nos pés do garçon Claiton Xavier que caminhou e de frente para Felipe deu outro dos seus presentas para Obina empurrar para as redes e fechar o caixão Corinthiano.
Nessa altura já se ouvia o famoso "Olé" nas arquibancadas e o semblante corinthiano era de tristeza e incredulidade no que estava vendo.
Ainda houve tempo para Alessandro dar uma entrada forte em Pierre e levar o cartão vermelho direto e deixar o Corinthians com 10.


Foi depois disso que o Palmeiras só tocou a bola e ao som de Olé pra cá e Olé pra lá levou os 3 pontos no bolso e fez muito feliz a torcida que foi devidamente agraciada por todos os jogadores após o jogo.
Muricy olhou tudo de camarote e teve a certeza, tem nas mãos um candidato fortissimo ao titulo brasileiro desse ano.
Sei que os Corinthianos vão chorar da falta de Cristhian, André Santos, Ronaldo o jogo todo e blablabla...
Mas enquanto uns choram outros vendem lenços e assim caminha esse campeonato.
Tabu mantido e já se vão 3 anos sem derrotas para o time da fazendinha(no dia 26 de outubro se comemora essa data e o próximo jogo será em novembro).



Vou dizer aos corinthianos o que sempre digo para um vendedor que passa de vez em quando no meu portão...."Passe outro dia, quem sabe em uma próxima"
FREGUES BOM, É FREGUES FIEL!!
Grande abraço.


8 comentários:

  1. Parabéns Dr. Allan pela grande e incontestável vitória do Palmeiras!!!!!!!

    Mas quero colocar outro assunto em pauta.

    Uma discussão sobre esse post do blog do Cosme Rímoli:


    Andres, valeu a pena?

    R$ 16,4 milhões.

    Por esse dinheiro, o Corinthians perdeu três titulares.

    Um da Seleção Brasileira, André Santos.

    Outro com grande potencial para brigar por uma vaga no grupo que irá para a África, em 2010, Cristian.

    E o terceiro o meia que ditava o ritmo do time.

    Lançava e, principalmente, descobria os espaços vazios para deixar os atacantes livres diante dos goleiros adversários.

    Mano Menezes pensa o que fazer.

    Os dirigentes garantem que vão conseguir dinheiro para grandes contratações.

    Os sonhos são muitos.

    Mas, na prática, há a desconfiança.

    O Corinthians tinha um desenho tático.

    O time mostrava firmeza, força.

    Havia a certeza entre os próprios jogadores que a equipe poderia enfrentar de igual para igual o Estudiantes, campeão da Libertadores.

    Essa mesma equipe no início da pré-temporada, o time de Mano goleou por 6 a 1.

    Na última partida desse time jogando junto venceu o Cruzeiro, no Mineirão, por 2 a 1.

    A tarefa, a partir de agora, será trazer reforços à altura, no mínimo.

    A pergunta que fica, e incomoda a 'direção transparente' de Andres Sanches, será que valeu a pena?

    Com R$ 16,4 milhões, o Corinthians poderá contratar três jogadores desse nível?

    Seria impossível esperar até o final da Libertadores de 2010?

    Não adianta o vice de futebol, Mario Gobbi, gritar que 'futebol é bussiness' ao explicar as vendas.

    Pergunte ao torcedor apaixonado pelo clube, se futebol é 'bussiness' ou amor ao Corinthians?

    Um amor incompreensível, mas não burro.

    Do tipo que aceita tudo.

    O clima de decepção com os dirigentes domina o Parque São Jorge.

    Para quem tem dúvidas sobre isso que preste atenção em Mano Menezes.

    Acabaram os sorrisos...

    A confiança diminuiu...

    Tudo por R$ 16, 4 milhões...


    A pergunta que fica é:

    Esse desmanche foi realmente necessário, a fórmula do futebol brasileiro ou foi imcompetência da diretoria corintiana?

    O que vcs acham doutores?

    ResponderExcluir
  2. Refazendo a pergunta:

    Esse desmanche foi realmente necessário, a fórmula do futebol brasileiro está errada (tudo na mão dos empresários e nada na mão dos clubes) ou foi imcompetência da diretoria corintiana?

    ResponderExcluir
  3. Bem não creio em incompetencia da diretoria corintiana. A questão é um pouco delicada. O Corinthians tem feito muito dinheiro, quase 1 milhão por partida, sua camisa queiram ou não é um dos melhores outdoors do país e tá cheio de anuncio. Creio que estão fazendo uma gordura pro centenário. O Brasileirão, deixou de ser prioridade pro coringão. Com a vaga na Liberta assegurada, Andreas está planejando um super time para 2010, o ano do centenário corintiano. 16 milhões não são muito coisa mas vamos esperar os proximos passos da diretoria corintiana para avaliarmos melhor essas decisões!

    ResponderExcluir
  4. Creio que a dor do corinthiano é grande, perderam mesmo 3 importantes, sendo 2 indispensáveis.
    Creio que nada se pode fazer contra os dólares e euros que seduzem não só os jogadores mas também os clubes que trabalham muito do seu tempo no perigo do vermelho.
    É natural ver grandes times sendo devastados pelas ofertas de fora, nessa época mais ainda.
    Acho que substituir a altura fica dificil ainda mais falando de André Santos e Cristian, o Douglas já não vinha sendo o Douglas da série B faz tempo e não fará falta, o meio pode ser forte com Edu e Jucilei devem melhorar com o tempo mas a lateral esquerda vai ficar dificil substituir a altura.
    Bom, ainda temos até dia 31/08 para ver mais golpes duros em nossos times e depois dessa data aqueles que menos perderem soldados importantes terão condições de segurar o rojão e seguir em frente brigando pelo caneco, aos devastados que não substituirem a altura ficará o gosto amargo de desistir da corrida no momento de mais empolgação de sua torcida.

    ResponderExcluir
  5. Mudando de assunto.........

    Li esta frase de Miguel Bataglia (fundador e primeiro presidente do Corinthians) e me emocionei: "O Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time".

    Em uma enquete, fizeram uma pergunta p/ os torcedores do Corinthians, e imaginem qual foi a resposta vencedora?

    O que mais te orgulha em ser Corinthiano?
    1. Os títulos
    2. A história do clube
    3. A força da torcida

    A força da torcida ganhou com 80%!!!!!!!!!!!!!!

    "Vamos jogar com Raça e com Coração
    É o time do Povo é o Coringão"

    Sou louco por ti Corinthians!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. O Corinthians tem uma enorme torcida e na minha opnião é a marca do time realmente.
    A única coisa que não concordo e nem os corinthianos concordam é achar mais importante ser uma grande torcida do que um grande papa títulos.
    Sei lá, pra mim a ordem está fora do correto nisso.
    Agora fica a pergunta para sua resposta Du.
    O que dói mais, perder uma libertadores ou perder do Palmeiras como foi domingo?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Se não for a final da Libertadores, é mais difícil perder p/ o Palmeiras..........

    éca!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkk
    sabia da resposta.
    ôô..ôô...O Obina é melhor que o Gordoooo o.

    ResponderExcluir

Obrigado por seus comentários, nosso consultório sempre estará de portas abertas!