Dr. Allan? Repetindo: Corinthians é o maior clube de futebol do Brasil e das Américas



Este post tem o objetivo de trazer um ponto final para as opiniões dementes do doutor representante do Guarani da Capital no consultório dos Doutores.
Discussões intermináveis foram travadas, porque o Dr. Série B não quer enxergar a realidade, pra ele dói demais, o time que ele odeia é o MAIOR CLUBE DE FUTEBOL DA AMÉRICA.
Ele nunca debate com fatos, dados e informações. Ele tenta ganhar a conversa atacando o opositor, sem explanar sobre o real tema proposto no debate. Comportamento típico de um "Anti".
Mas agora, vou trazer com mais clareza e argumentos o que já venho dizendo a meses aqui no consultório: que o Corinthians é O MAIOR CLUBE DA AMÉRICA.
Segue abaixo, recente post do Ricardo Taves do blog do Corinthians no site do Globo.com.
Loucos comemorem, Antis morram de inveja.........kkkkkkkkkk:  
Pode parecer o reflexo do óbvio, mas não é tão fácil: é preciso provar. O estudo é simples, mas envolve números, gráficos e algumas variáveis. Não é o tipo de post “nossa, que emocionante”. Então, se para você basta o orgulho de saber que nosso time é o maior, pode parar por aqui e deixar um “VAI, CORINTHIANS” nos comentários. Se o tema te interessar, vá até o final.
Foram considerados os seguintes tópicos:
- Patrimônio e Ativos;
- Valor da marca;
- Faturamento;
- Potencial de consumo;
- Exposição internacional;
- Mídias sociais;
- Modelo de gestão.
________________________________________________________________________
PATRIMÔNIO E ATIVOS
O valor patrimonial ainda pode ser contestado pelo simples fato da Arena Corinthians não estar pronta. Mas em recente estudo da Revista Forbes, o Corinthians foi o único clube citado entre os 37 patrimônios bilionários do país (o valor da marca foi preponderante). Com o estádio pronto, o valor patrimonial será indiscutível.
Um imóvel sofre variações no seu valor conforme a etapa da construção. Funciona assim quando compramos um apartamento. Na planta, ele tem um valor. Parcialmente construído, outro. Finalizado tem outro ainda maior. Certamente, se avaliada, a Arena Corinthians dará ao Corinthians também a liderança patrimonial.
VALOR DA MARCA
A marca corinthiana é a única bilionária dentre os clubes das Américas. É o único clube que figura entre as 25 maiores marcas do futebol mundial. Sua marca é estipulada em mais de 1 bilhão de reais (valor exato no gráfico).
Esse estudo é realizado pela BDO e considerou 18 variáveis. Entre elas: dados financeiros históricos, desempenho do marketing, hábitos de consumo dos torcedores, dados econômicos e sociais, entre outros.
Como fonte, os balanços dos clubes fornecem os dados. Transferências de atletas não são levadas em consideração. Para avaliar a marca é considerado o esforço para aumento de receita e não o valor contábil dos ativos.
COMPOSIÇÃO DO FATURAMENTO
Há três anos consecutivos, o Corinthians fecha o ano com o maior faturamento entre os clubes brasileiros. O crescimento em 2011 foi de 37% (veja gráfico do globoesporte.com abaixo). Após a ilustração, apresentarei alguns dados para, quem sabe, tentar estipular o faturamento de 2012.
BILHETERIA
Só em bilheteria, somando o Campeonato Paulista, Libertadores da América e Campeonato Brasileiro, o Corinthians já atingiu a marca aproximada de R$ 17 milhões de LUCRO LÍQUIDO. O valor bruto é ainda mais assustador. A tendência até o final da temporada é que o Timão atinja um valor superior a R$ 20 milhões livres de custos.
DIREITOS DE TV
Hoje o Corinthians arrecada R$ 114 milhões em direitos de televisão, a maior quantia do país. Com isso, agrega valor ao marketing com a exposição da marca de seus patrocinadores.
PATROCÍNIOS
Até o momento, o Corinthians, mesmo sem um acordo definitivo para o patrocinador master, já faturou (com patrocínios secundários e os pontuais) cerca de R$ 20,7 milhões, sem contabilizar o patrocinador atual, a cujo valor não tive acesso. Caso resolva ceder e baixar o valor que pede pela parte nobre da camisa, existem empresas dispostas a pagar até R$ 26 milhões por ano. Com a soma das outras  partes da camisa, o clube arrecadaria R$ 39,5 milhões em 2013. Acredito que, se uma dessas empresas elevar um pouco a proposta (o que me foi revelado é que existem quatro interessadas), o clube conseguiria atingir algo como R$ 45 milhões (bem próximo a meta de R$ 50 mi) e sem a presença de Ronaldo no elenco. Com o Fenômeno, o Timão alcançou a marca de R$ 47 milhões.
Some a esse valor o que o clube recebe da fornecedora de uniformes: R$ 20 milhões por ano.
PREMIAÇÕES
Na Libertadores, o Corinthians faturou R$ 2 milhões até a final e mais R$ 4,1 milhões pelo título. No Mundial, o pior cenário é de premiação de R$ 4,1 milhões. Caso o Corinthians chegue à final, faturará US$ 5 milhões caso conquiste o título ou US$ 4 milhões caso perca a decisão.
LICENCIADOS
Segundo a Época Negócios, apenas com a rede de franquias PODEROSO TIMÃO, o clube faturou R$ 178 milhões em 2011. A matéria citava 113 lojas abertas no Brasil.
O número de produtos licenciados do Corinthians ultrapassa a faixa de 1000 itens. Diversificados em produtos, franquias, emissora de televisão, web rádio e no seu programa de sócio torcedor.
De acordo com nota divulgada em junho de 2012 no site oficial do clube, o Fiel Torcedor conta com 90 mil associados. Destes, 60 mil estão com a anuidade em dia e aptos para adquirir seus ingressos pela internet. Em jogos decisivos, como contra o Boca Juniors, por exemplo, bilheterias sequer foram abertas. Comodidade ao torcedor, modernidade, combate aos cambistas e lucro.
POTENCIAL DE CONSUMO
Apesar da torcida corinthiana não ser ainda a maior do país, é a maior no estado de São Paulo, Paraná e no Sudeste do país, regiões com maior poder aquisitivo. Só como exemplo, o potencial de consumo do Flamengo (maior torcida do Brasil) é apenas o terceiro maior.
O Corinthians lidera o ranking com incríves R$ 450 milhões de pontecial mensal de consumo – veja gráfico:
EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL
A exposição internacional do Corinthians começou a crescer com a chegada de Ronaldo. No entanto, nada se compara ao nível a que o clube foi elevado com a conquista da Copa Libertadores da América e a consequente classificação para o Mundial. Em dezembro, o Timão será exposto ao mundo e a conquista do título poderá elevar ainda mais o valor de sua marca e as ações internacionais.
Contratações de jogadores estrangeiros colaboram nesse quesito. No Peru, segundo relatos, é frequente o uso da camisa do atacante Guerrero, ídolo do país.
Ainda segundo o Marketing alvinegro – tese da qual discordo – o mercado chinês está aberto e em expansão pela presença de Zizao no Coringão.
MÍDIAS SOCIAIS E INTERNET
O Corinthians é, disparado, o clube que melhor trabalha suas mídias sociais. Tratando apenas das duas ferramentas mais utilizadas pelos brasileiros (Twitter e Facebook), o Timão é primeiro do ranking em ambas. No microblog, o número ultrapassa 1.205.000 seguidores, enquanto na Fan Page oficial do clube, o número chega a quase 3 milhões de internautas.
O Corinthians tem o site mais visitado entre os clubes de futebol do continente e o 16º mais visitado do mundo, segundo estudo publicado em 2010 pelo site Futebol Finance.
MODELO EUROPEU DE CONDUÇÃO DO FUTEBOL
O clube vem mostrando, ano a ano, um modelo europeu de administração. Manutenção do treinador, elenco com 15, 16, 17 jogadores com potencial claro para atuar na equipe titular e, principalmente, o entendimento por parte dos atletas dessa filosofia. Do time campeão da Libertadores, apenas Ralf não sentou no banco de reservas por um tempo considerável. Dá para dizer que é um modelo europeu de condução do futebol. É muito comum a alternância de jogadores titulares nas maiores equipes do planeta.
UTOPIA
Já em relação a almejar estar entre os maiores clubes do mundo, para o Consultor de Marketing Esportivo Amir Somoggi, é utopia pensar que um clube brasileiro possa constar na lista dos cinco maiores do mundo:
- O futebol brasileiro está um século atrasado em relação ao europeu – destacou.
No ranking mundial, o Timão aparece na 25ª posição, com uma receita de 138 milhões de dólares e um resultado operacional de 25 milhões. A dívida alvinegra está equacionada e sumirá com o passar dos anos se a administração do clube continuar no mesmo ritmo.
Ainda no papo com Somoggi, quando questionei sobre o valor do patrocínio pretendido pelo Corinthians, o consultor afirmou que o valor está acima do que o clube pode oferecer: “o Corinthians não pode pedir R$ 50 milhões, pois não entregará retorno ao seu patrocinador nem em termos de marketing e nem em entrega comercial”, finalizou.
_____________________________________________________________
O texto foi longo, mas recebi diversos pedidos para fazer tal explanação. Este blog não tem a pretensão de dar valor científico ao post. Foi uma humilde apresentação de estudos e consultas a  fontes gabaritadas para, simplesmente, comprovar o que já sabíamos.
VAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI, CORINTHIANS!

2 comentários:

  1. poderia enviar um email para contato@querosershark.com?
    gostaria de negociar uma postagem no site
    obrigado

    ResponderExcluir
  2. Du e demais amigos do blog,

    gostaria de lhes convidarem para um evento que eu e o Wesley Machado estamos tentando colocar em pratica. Seria um encontro nacional de blogueiros esportivos. Passe lá no blog e veja a pagina sobre o encontro e deixe seu comentário, é muito importante para nós.
    Um abraço.

    BLOG DO CLEBER SOARES
    clebersoares.blogspot.com

    SOMOS FLAMENGO
    somosflamengo33.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado por seus comentários, nosso consultório sempre estará de portas abertas!